NOTÍCIAS

Fique sabendo das últimas notícias

Projeto Tamar de Florianópolis inaugura sistema de energia solar

31.10.2014

O Projeto Tamar de Florianópolis (SC), conhecido pelos trabalhos com tartarugas marinhas, adotou mais uma medida em prol do meio ambiente: a utilização de energia solar. Foram inaugurados ontem, dia 30 de outubro, dois sistemas fotovoltaicos, um de 1,96 kWp e outro de 1 kWp de potência, instalados sobre edificações do Centro de Visitantes do Projeto, na Barra da Lagoa.

Por esses equipamentos, na mesma ocasião, o Tamar receberá o Selo Solar, certificação do Instituto para o Desenvolvimento de Energias Alternativas na América Latina (Ideal) para quem utiliza a fotovoltaica.

O sistema de 1 kWp foi doado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e pelo Ideal, enquanto o de 1,96 kWp foi uma doação da Tractebel. A coordenadora regional da Fundação Pró-Tamar-SC, Juçara Wanderlinde, ressalta a importância das instalações, realizadas com o apoio técnico do Ideal e do Grupo Fotovoltaica-UFSC.

“Esta parceria é muito importante para o Tamar, pois além de ajudar a divulgar um tipo de energia limpa, ajuda na conservação do planeta e ainda contamos com uma economia na nossa conta de luz. Qualquer parceria que traga benefícios para o meio ambiente é super bem-vinda para o Projeto”, comenta.

No verão, o Tamar chega a receber 1.300 visitantes em um só dia. O presidente do Ideal, Mauro Passos, acredita que as instalações ajudarão a impulsionar a fotovoltaica.“O Tamar é um dos projetos mais visitados no Brasil, principalmente por escolas. Levar a energia solar para o Tamar significa aproximar os jovens dessa nova tecnologia”, afirma.

A cerimônia de inauguração do novo sistema e de entrega do Selo Solar, para imprensa e outros convidados, será realizada a partir das 16h, na sede do Tamar, na Barra da Lagoa, em Florianópolis.

 

Selo Solar

O Selo Solar foi criado em 2012, como um reconhecimento para instituições públicas e privadas e proprietários de edificações que consomem um valor mínimo anual de eletricidade solar. A certificação recebida pelo Tamar se enquadra na categoria socioambiental, voltada para instituições com trabalhos relacionados ao meio ambiente ou com temas sociais e que adotam a eletricidade solar.

O Tamar de Florianópolis é o segundo no país a receber o reconhecimento. O primeiro foi o Tamar da Praia do Forte, na Bahia, certificado em setembro de 2013, pela instalação de um micro-gerador de 11,52 kW de potência.

O Selo é uma iniciativa do Instituto Ideal e da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), com o apoio da Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável por meio da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH e do Banco Alemão de Desenvolvimento (KfW).

 

Fonte: Ecodesenvolvimento.org

Voltar

REALIZAÇÃO

APOIO

PATROCÍNIO:

GamPi