NOTÍCIAS

Fique sabendo das últimas notícias

Timberland mais verde

12.11.2013

A marca mais ecológica do gigante norte-americano VF Corp. anuncia que fez «muitos progressos notáveis» para impulsionar a sustentabilidade do seu negócio, incluindo a utilização de mais matérias-primas de natureza reciclada, orgânica e renovável nas suas linhas de vestuário e calçado.

Segundo os dados lançados pela Timberland sobre a sua estratégia de Responsabilidade Social Corporativa (RSC) em 2012, uma proporção de 39% dos materiais utilizados no vestuário da marca provêm de fontes recicladas, orgânicas e renováveis. Esta proporção ficou acima dos 25% registados em 2011.

De destacar também que 98% dos SKUs do calçado utilizaram couro proveniente de curtumes classificados como “ouro” ou “prata” pelo Leather Working Group, dadas as suas práticas de gestão de água, energia e resíduos.

A Timberland, detida pela VF Corporation, reduziu as emissões de carbono para as suas instalações próprias e diretamente operadas, passando das 17.759 toneladas em 2011 para as 15.819 toneladas em 2012, uma queda de 10%. Esta descida foi impulsionada principalmente pela redução das viagens aéreas e o aumento da compra de energias renováveis.

O resultado significa que a Timberland reduziu em 46% as emissões absolutas desde 2006, colocando-a no bom caminho para atingir a sua meta de redução de emissões de 50% até 2015.

Outros esforços foram registados com a empresa a plantar mais de 1,15 milhões de árvores no ano passado, tendo o total de árvores plantadas desde 2010 atingido os 3,5 milhões. A Timberland pretende plantar 5 milhões de árvores até 2015.

«Os benefícios que as árvores proporcionam na forma de ajudar a prevenir a desertificação, aumentar a produtividade das culturas agrícolas e reduzir os efeitos das secas, são fundamentais para as comunidades em todos os lugares», explica Mark Newton, vice-presidente da área de RSC na Timberland.

Outras iniciativas estão projetadas para reduzir os impactos em cada um dos quatro pilares da sua estratégia de RSC: clima, produtos, fábricas e serviços.

Os projetos apoiados pela Timberland na sua cadeia de fornecimento, incluem as competências parentais e a gestão do stress na China, um centro de acolhimento de crianças da comunidade e programas de educação financeira na Índia, e torres de água potável no Norte do Vietname.

Em 2012, a Timberland concentrou os seus esforços de gestão ambiental no Haiti e no deserto de Horqin na China, áreas dramaticamente afetadas pela desflorestação e desertificação, respetivamente. No Haiti, a iniciativa agroflorestal da Timberland afirma ter-se tornado autossustentável e, no final de 2012, gerou um aumento de até 50% das colheitas para os agricultores participantes. No deserto de Horqin, a Timberland plantou mais de 255 mil árvores para ajudar a proteção contra tempestades de areia e minimizar o impacto do aquecimento global.

A Timberland também lançou a ferramenta Social Fingerprint do SAI (Social Accountability International), para aferir e orientar as fábricas no sentido do desenvolvimento de sistemas de topo na gestão laboral e social.

Fonte:Portugal Têxtil

Voltar

REALIZAÇÃO

APOIO

PATROCÍNIO:

GamPi