top of page
  • Foto do escritorOrigem Sustentável

Cipatex: revestindo um amanhã sustentável


Empresa tem plantas industriais em Cerquilho/SP (foto), em Campo Bom/RS e no exterior

Boas práticas e preocupação com o meio ambiente fazem parte da trajetória da Cipatex. E foram justamente essas premissas que foram reconhecidas pelo Origem Sustentável no seu nível máximo de certificação, o Diamante (mais de 80% dos indicadores atingidos). A empresa, de Cerquilho/SP, desde a sua fundação, em 1964, busca integrar meio ambiente e crescimento, inovação e uso racional dos recursos, produtividade e capacitação contínua e bem-estar dos colaboradores.


Na área ambiental, a empresa reporta a implantação de processos mais eficientes do ponto de vista de consumo energético, tendo como um dos principais objetivos a redução de desperdícios. A escolha de matérias-primas mais sustentáveis, que geram menos impacto ao meio ambiente, o descarte adequado de resíduos industriais ou sua reutilização, o desenvolvimento de produtos ecoeficientes e a conscientização contínua dos colaboradores fazem parte das operações e do dia a dia da empresa.


Resíduos, água e energia

Com a implantação da engenharia reversa de resíduos, onde as sobras do processo produtivo retornam para reuso interno, a companhia conseguiu reduzir de forma significativa o descarte de aparas. Conforme a empresa, anualmente o volume reaproveitado equivale a cerca de 160 toneladas de PVC, deixando de consumir matéria-prima virgem para utilizar materiais recuperados. Outro ponto relevante é que, em três anos, a Cipatex reduziu em 80% o descarte de rejeitos em aterros industriais controlados, número que pretende ampliar nos próximos anos.


Cipatex reaproveitou 160 toneladas de PVC em 2022


Também é destaque na área ambiental, e neste caso também social, a implantação de economia circular nos processos produtivos. Segundo a empresa, todos os refilos, que são sobras de malhas de algodão utilizadas na produção de alguns artigos, são direcionados para artesãos da cidade de Cerquilho, gerando renda e ao mesmo tempo diminuindo o impacto ambiental da atividade. Somente no ano passado, foram mais de 60 toneladas de refilos que se transformaram em tapetes. Da mesma forma, pedaços de PVC também são enviados para os artesãos, sendo utilizados para criar produtos de baixo custo, como niqueleiras, chinelos e aventais.


O reaproveitamento da água nas operações é outra medida adotada pela Cipatex que ajuda a conter a escassez hídrica e garante redução de custos, com uma economia de 50% no consumo do insumo produtivo, reduzindo as despesas. Ainda na área de recursos naturais, a empresa consome 100% de sua energia do Mercado Livre, com ênfase em fontes renováveis. Há três anos, o óleo BPF - oriundo do petróleo - foi substituído por gás natural para alimentação dos equipamentos da área produtiva, uma escolha que permitiu à empresa reduzir a sua pegada de carbono e contribuir para a transição para uma matriz energética mais limpa e sustentável.


Provando que a Cipatex é sustentável muito antes do tema ser tão badalado, há 15 anos, quando ainda não havia legislação brasileira para proibição do uso de materiais pesados na produção, a empresa optou por banir esse tipo de substância. Com isso, a empresa, além de ir ao encontro de boas práticas, ganhou em competitividade, especialmente internacional, já que estava alinhada ao REACH (regulamento da União Europeia de controle de substâncias químicas).


Empresa não usa metais pesados no processo produtivo desde 2008

Ainda dentro de práticas mais limpas, a Cipatex também utiliza em alguns acabamentos produtos à base d 'água, substituindo solventes de origem fóssil e contribuindo para o meio ambiente e saúde do trabalhador.


Produto

Nos últimos oito anos, a Cipatex avançou muito na adoção de matérias-primas de origem sustentável na composição de seus produtos, passando de 8% para 68%. Um dos exemplos é a utilização de mantas produzidas com fibra de garrafas PET recicladas no substrato de vários artigos. No ano passado, conforme a empresa, foram mais de 150 milhões de unidades PET reutilizadas no processo produtivo. Entre os produtos desenvolvidos para o mercado calçadista no contexto da sustentabilidade ambiental, estão também o Recicle, produzido a partir de polímeros triturados e reciclados; o Eco Jeans, com substrato composto de algodão 100% orgânico; o Vegan Premium, primeiro laminado flexível de PVC desenvolvido para calçados no conceito vegano; e a linha Vinyl Tech, material que une durabilidade em uma composição sustentável e resistente.


Social

A Cipatex sempre teve um olhar atento ao público interno, bem como um compromisso com as comunidades onde se relaciona. Nesse sentido, a empresa tem incorporado cada vez mais o conceito de responsabilidade social em suas ações e compromissos. Valores fundamentais, como ética, respeito e cidadania, orientam as iniciativas que visam aprimorar a qualidade de vida, promover a inclusão social, elevar o nível de educação e cultura, incentivar a consciência ecológica, fomentar a saúde, o esporte e o lazer tanto dentro da organização quanto nas comunidades.


Entre suas ações e campanhas, a empresa apoia, por meio de leis de incentivo, o Projeto Guri, programa sociocultural gerido pela Santa Marcelina Cultura; projetos da Sustenidos Organização Social de Cultura; Instituto Ingo Hoffman, que ajuda crianças com câncer; e o Instituto Olga Koss, que atende pessoas com deficiência intelectual e em situação de risco social com atividades culturais e esportivas. Conforme a Cipatex, os projetos, juntos, já impactaram mais de 50 mil pessoas.


Projeto Guri, Projetos da Sustenidos, e Instituto Ingo Hoffman são algumas das iniciativas incentivadas pela Cipatex

Com o objetivo de capacitar e qualificar os funcionários, a empresa ainda promove treinamentos técnicos, de qualidade, segurança, liderança, comportamental e aperfeiçoamento profissional. Em 2022, foram registradas 7,2 mil horas de treinamentos presenciais, com a participação de 781 colaboradores. Já o treinamento on-line somou 3,8 mil e teve 146 participantes. Ainda para o público interno, muitas ações são realizadas com foco na saúde física e mental, como campanhas de vacinação, exames preventivos e atendimento psicológico.



Em 2022, foram registradas 7,2 mil horas de treinamentos presenciais, com a participação de 781 colaboradores

Empresa

A Cipatex oferece ao mercado soluções confiáveis e inovadoras em laminados sintéticos, com uma extensa linha de produtos que atende os setores calçadista, moveleiro, automotivo, construção, mineração, agronegócio, utilidades domésticas, esporte e lazer, brindes, material escolar, puericultura, piscina e adesivos. Hoje, a empresa conta com cerca de mil colaboradores diretos e tem plantas industriais no Brasil (Cerquilho e Campo Bom/RS) e escritórios nos Estados Unidos, Espanha e Argentina (Dinaplast).

Comments


Conteúdos Programa Origem Sustentável | Gestão Da Sustentabilidade | Brasil

CONTEÚDOS

bottom of page