• Origem Sustentável

Vulcabrás - um corre pela sustentabilidade



Com uma produção de mais de 25 milhões de pares por ano e empregando mais de 15 mil colaboradores nas unidades produtivas de Horizonte/CE e Itapetinga/BA, no Centro de Distribuição de Extrema/MG, no Centro de Desenvolvimento de Parobé/RS e nos escritórios administrativos mantidos em São Paulo, a Vulcabras é outra gigante do setor calçadista certificada pelo Origem Sustentável, na categoria Ouro.


No âmbito da sustentabilidade, destaque para os 100% de reuso da água na unidade fabril de Horizonte/CE e de 40% no Centro de Distribuição de Extrema/MG - com tratamento próprio de efluentes -, e os 100% de reaproveitamento de resíduos industriais na unidade de Itapetinga/BA e os 80% na de Horizonte/CE. Recentemente, a empresa também anunciou que irá utilizar energia eólicas em todas as unidades a partir de 2022, em esforço para mitigar o aquecimento global. Ainda na área ambiental, a empresa anuncia, no seu Relatório de Sustentabilidade, a reciclagem de 127 toneladas de plástico, 161 toneladas de EVA e 35 toneladas de TPU no ano de 2020, e a gestão de uma unidade de preservação ambiental de 30 mil metros quadrados em Itapetinga/BA, na qual plantou mais de 2 mil mudas de Ipê.



Vulcabras mantém tratamento de efluentes na unidade de Horizonte/CE e no Centro de Distribuição em Extrema/MG

Para brindar os avanços nos processos produtivos sustentáveis, a Vulcabras lançou Corre ECO, da marca Olympikus. O produto conta com diversas iniciativas importantes para mostrar que é possível se obter um calçado esportivo sustentável com alta tecnologia e eficiência. O tênis possui cabedal produzido com pet reciclado, EVA verde (fabricado com cana de açúcar) e borracha especial extraída da Seringueira. Para garantir a conformidade dos seus fornecedores, a Vulcabras realiza auditorias anuais com um Sistema de Gestão Integrado.


Corre Eco: alta performance unida à sustentabilidade

Responsabilidade social

Na área social, a empresa trabalha com projetos de qualificação e capacitação profissional, caso do Programa Complementar de Alfabetização, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), e do Programa de Formação de Menor Aprendiz, este em parceria com o Serviço Social da Indústria (Sesi) e Senai. No ano passado, conforme o Relatório de Sustentabilidade da Vulcabras, foram 525 atendidos.


Outro projeto que é destaque na área social é o Programa Corre Junto Brasil, que durante a pandemia tem apoiado pessoas que podem vender os produtos da Olympikus via plataforma, com comissão de 10% sobre as vendas. Segundo a empresa, o projeto tem ajudado mais de 8 mil pessoas cadastradas em todo o País.


Também com o objetivo de gerar autonomia para as pessoas, a Vulcabras passou a trabalhar, em 2020, com a Escola do Corre, uma plataforma digital gratuita com conteúdos sobre empreendedorismo.


Projetos de capacitação são destaque na empresa

Já visando democratizar a corrida como esporte, a marca Olympikus promove circuitos em locais inéditos. No ano passado, foram realizados em Jalapão/TO, Apa da Baía Negra /MS e Alter do Chão/PA.



Empresa anuncia utiliza de energia eólica em suas fábricas e partir de 2022


Olympikus leva circuitos de corrida para municípios brasileiros

No ano passado, a empresa atuou fortemente para mitigar os efeitos da pandemia, auxiliando as comunidades profissionais envolvidas no combate à Covid-19. Foram doadas mais de 1,2 milhão de máscaras descartáveis e laváveis, 6,4 mil calçados ocupacionais e 6 mil protetores faciais.


Doações de máscaras, calçados e protetores faciais fizeram parte do dia a dia da Vulcabras durante a pandemia

Comitê de Sustentabilidade

Visando discutir os temas relativos à Sustentabilidade, a empresa possui um Comitê específico formado por colaboradores das mais diversas áreas e que tem por objetivo promover o conceito no dia a dia das unidades e das comunidades em que estão inseridas.


A empresa destaca que a certificação Origem Sustentável é uma proposta inovadora no campo da sustentabilidade, tendo alcançado a maturidade com um escopo completo de indicadores. Com a evolução, segundo a Vulcabras, a certificação passa a mostrar claramente aos stakeholders das empresas que aquelas que atendem os requisitos do Origem Sustentável de fato estão aptas a receberem aporte e estão preocupadas em reduzir seus impactos ambientais e sociais.





Conteúdos Programa Origem Sustentável | Gestão Da Sustentabilidade | Brasil

CONTEÚDOS